Veja como está, hoje em dia, o Serginho, ex-participante do Big Brother Brasil 10

Sergio Luis de Ramos Franceschini, conhecido como Serginho, foi um dos participantes mais marcantes de todas as edições do Big...
admin admin em 25/10/2016


Sergio Luis de Ramos Franceschini, conhecido como Serginho, foi um dos participantes mais marcantes de todas as edições do Big Brother Brasil. Participou da décima edição do programa, que foi vencida pelo lutador Marcelo Dourado, que já tinha participado da 4ª edição do BBB.

Gay assumido, Serginho foi para o Big Brother para levantar a bandeira da causa que defendia: ninguém é diferente e não se deve ter vergonha da maneira de ser. Entrou no programa, após a fama obtida na internet, onde é conhecido como “Sr. Orgastic”. Apesar dos 15 minutos de fama conquistada no programa já ter se diluído, Sergio Paulo ainda tem milhares de seguidores na suas redes sociais.

Nasceu em 25 de fevereiro de 1989, em São Paulo, onde estudou até a universidade, mas não chegou a concluir a Faculdade de #Moda. Após a saída do programa, Serginho fez alguns trabalhos como modelo e participou de diversos eventos.

A transformação

Gay assumido, Serginho descobriu, no final da adolescência, sua orientação sexual, mas sempre manteve um estilo mais recatado. Desde que se assumiu ser gay teve o apoio total dos pais e do irmão dez anos mais velho. Após a saída do programa, começou, aos poucos, a assumir um estilo mais exuberante.

Embora a sua fama tenha diminuído muito, Serginho publica, diariamente, fotos e vídeos no Instagram e outras redes sociais, veja algumas publicadas recentemente. Ele está muito diferente do que era em 2010, quando participou do BBB:

Hoje em dia

Serginho trabalha como estilista, criou a sua própria grife e é modelo das próprias criações, que incluem uma linha completa de roupas e acessórios para mulheres. Também é presença constante em festas de DJ famosos e discotecas no eixo Rio-São Paulo.

Mas Sergio Ramos não mistura trabalho com diversão, em sua agenda lotada ainda arranja tempo para fazer três ou quatro eventos por mês, fruto da fama conquistada no Big Brother. Mesmo 6 anos depois, ainda recebe convites para fazer presença VIP. Também é ativista da causa gay mas afirma que não é o seu foco principal, embora todos os sábados frequente baladas GLS.

Comentários