Top 5: Lugares para aproveitar as férias no Brasil

.
admin admin em 22/11/2014


O Brasil está cheio de destinos incríveis, não há dúvidas. Mas se você ainda não escolheu o seu para as férias, temos algumas boas dicas. Os destinos do top 5 dessa semana são paradas obrigatórias para brasileiros e estrangeiros que querem conhecer o país. Aproveite, ainda dá tempo de preparar uma visita!

5- Manaus

A capital do Amazonas tem uma estrutura incrível para receber os turistas e esbanja atrações naturais. Apesar de o período entre dezembro e maio ser mais chuvoso, as temperaturas em Manaus nesses meses são mais amenas. Nos demais meses do ano, os termômetros podem chegar aos 40°C. As temperaturas são elevadas especialmente no mês de setembro.

Aproveite a visita para fazer o clássico passeio de barco até o encontro do Rio Negro com o Rio Solimões ou para conhecer as aldeias indígenas da região. Outras atividades muito requisitadas na região são o trekking e a observação da fauna e da flora. Na cidade, belas construções históricas esperam por você, muitas delas datadas do século XIX. O Teatro Amazonas, por exemplo, foi inaugurado em 1896 e ainda hoje é um dos símbolos da cidade.

4- Bonito

Bonito, no Mato Grosso do Sul, impressiona pela beleza das paisagens e pela rica fauna. De dezembro a março, a região está em período de chuvas – o melhor momento para observar a vegetação e os animais que habitam o local. A dica é fazer a reserva de hospedagem e passeios com antecedência.

Bonito é digno de um sonho, com uma paisagem formada por lagoas, rios, cachoeiras e cavernas. Os peixes coloridos completam o cenário, que se torna ainda mais magnífico graças às águas cristalinas. A gruta Lagoa Azul é um dos pontos turísticos mais famosos e um dos responsáveis pela fama do local.

Em Bonito, os turistas podem praticar atividades diversas, que vão do rapel, cavalgadas, passeios de bicicleta e trilhas até o arvorismo. O mergulho também é indispensável. São diversos rios com águas transparentes e ricos em espécies animais e vegetais.

Os passeios devem ser acompanhados sempre por guias credenciados e a maioria das atrações está em propriedades particulares, por isso é imprescindível entrar em contato com uma agência.

3- Tiradentes

Nos meses de verão, Tiradentes, em Minas Gerais, é só festa. Em janeiro, a programação da Mostra de Cinema ganha as ruas e espaços culturais. Em fevereiro, a alegria do carnaval está por toda parte.

Mas não são só as festas que atraem os turistas nas férias. Tiradentes é uma das mais belas cidades históricas do Brasil, com um impressionante conjunto de igrejas do século XVIII e casarões preservados. Ao fundo, a Serra de São José completa o cenário, que, de tão perfeito, pode ser visto em diversas novelas, séries e filmes brasileiros.

Os turistas podem fazer passeios de charrete ou caminhar a pé entre as principais atrações da cidade, entre elas o Museu Padre Toledo, Igreja Nossa Senhora do Rosário dos Pretos, Igreja de Nossa Senhora das Mercês e a Matriz de Santo Antônio, que abriga as obras do grande escultor brasileiro Aleijadinho. A cidade ainda oferece um artesanato característico e de grande qualidade. Muitas lojas se concentram na Rua da Câmara e na Rua Direita.

Depois dos passeios pela cidade e das trilhas pela serra que a cerca, nada mais delicioso que aproveitar a comida mineira, famosíssima pela sua qualidade. São diversos restaurantes, bares, lojas e opções de hospedagem que se espalham entre as antigas casas.

2- Florianópolis

No sul do Brasil, poucos destinos se destacam tanto quando o assunto é praia e sol. Florianópolis oferece não apenas uma grande variedade de praias, das mais tranquilas às agitadíssimas, mas também uma estrutura de cidade grande e ótimos passeios históricos e culturais.

Nas praias do leste, o surf é destaque. Lá você encontrará destinos conhecidos, como a Joaquina e a Mole. Ao norte, as praias com águas mais calmas são ideais para as famílias. As praias do sul são mais inexploradas. Em muitos locais, os visitantes encontram a estrutura e condições ideias para a prática de esportes como windsurf, parapente, trekking, caminhadas, entre outros.

A ilha também compreende algumas charmosas vilas de pescadores, como o Ribeirão da Ilha e Santo Antônio de Lisboa. Neles, você pode comprar e provar deliciosos frutos do mar. Pratos que também estão nos famosos restaurantes que circundam a Lagoa da Conceição, a maior e mais movimentada da ilha.

Reserve alguns dias para conhecer também o centro histórico, onde estão o Mercado Municipal e a Casa da Alfândega, que comercializa artesanato. Reserve um dia também para os passeios de escuna que levam os visitantes às fortalezas próximas, entre elas Ratones e as construções antigas da Ilha de Anhatomirim.

Aproveite também a praia fluvial no bairro Ponta Negra, que reúne ótimos bares e uma boa estrutura para a prática de esportes diversos. Nos talvez inevitáveis dias de chuva, a dica é visitar um restaurante local e provar alguns dos pratos típicos da região. Os peixes são temperados com ingredientes típicos, tais como açaí e gengibre.

1- Fernando de Noronha

Com uma beleza que dispensa descrições, Fernando de Noronha é um dos destinos brasileiros mais famosos nacional e internacionalmente. Até o final de novembro, as águas que cercam o arquipélago estão tranquilas, ideais para a prática de mergulho. De dezembro a fevereiro, as ondas são convidativas para os surfistas. Evite apenas os meses de março e abril, quando o tempo fica chuvoso.

A 545 km do Recife, Fernando de Noronha é acessível por avião ou navio. A dica é se programar para permanecer pelo menos cinco dias: esse cenário paradisíaco tem muito a oferecer. Algumas das praias, como a do Leão e Baía dos Porcos, estão entre as mais bonitas do Brasil. O arquipélago ainda compreende os morros do Pico e Dois Irmãos, que proporcionam vistas incríveis.

Além das trilhas e do surf, outra atividade que merece total destaque nas ilhas é o mergulho. Basta pegar o seu equipamento e aproveitar locais como as piscinas naturais do Atalaia. Os turistas ainda podem se divertir com caiaque e passeios de barco, entre várias outras opções de atividades.

Por ser uma área de preservação, apenas 700 pessoas podem dormir em Fernando de Noronha simultaneamente. Os turistas ainda pagam uma taxa de permanência e os preços são um pouco salgados por causa da dificuldade para abastecer as ilhas. Mas, mesmo sendo um destino com um preço um pouco mais elevado, o arquipélago certamente compensa o investimento.

Foto Destaque: Banco de Imagens do Ministério do Turismo

E você, já escolheu seu destino de férias? Deixe seu comentário!

Foto Destaque: Banco de Imagens do Ministério do Turismo

Comentários